0 produtos   –   0,00 €

Carrinho de Compras ×

Não existem produtos no carrinho

Fraldas de Pano - conselhos e acessórios


Conselhos para quem quer começar a utilizar fraldas reutilizáveis:

Como devem calcular já experimentei imensas marcas e modelos mas se as fosse aqui a mencionar todas não havia papel que chegasse... Para além das já mencionadas, vale reforçar que a (...) Fluffy Organic & Eco são marcas portuguesas ambas com excelente qualidade. (...) E vá, toca a começar a pesquisar, já não têm desculpa para não usar fraldas reutilizáveis.

MÃE BIO-LÓGICA | ACESSÓRIOS PARA FRALDAS REUTILIZÁVEIS (...)
Por Linda Barreiro

(...)

Toalhitas reutilizáveis

São quadrados de tecido (algodão/bambú...) que servem para limpar o rabinho do bebé. São em tudo iguais às toalhitas de bebé mas em pano e laváveis. As toalhitas podem ser usadas secas - apenas borrifadas com uma solução caseira (eu uso água com óleo de calêndula) na hora da muda da fralda -, podem ser humedecidas na mesma solução caseira e levadas num saco impermeável para a rua ou podem ser trasportadas secas e depois serem molhadas, numa torneira por exemplo, na altura da mudança da fralda. Existem até aquecedores de toalhitas que as mantêm húmidas e mornas sempre preparadas para limpar o rabinho do bebé.

Basicamente as toalhitas reutilizáveis servem para tudo, tal como as descartáveis (lenço para o nariz, humedecidas para limpar a boca ou a cara, só não tiram nódoas como as outras!). Existem sacos impermeáveis pequenos para transportar toalhitas humedecidas. Quem for jeitoso para a costura pode pegar num lençol antigo, cortar quadradinhos de pano e costurar, mais barato impossível!

Para mim as toalhitas são mais para mandar para a escola e para levar para a rua. Em casa quando há cocó vai diretamente para a sanita. Quando era muito bebé usávamos uma bacia com água morna no trocador e secávamos com uma musselina.

 

Sacos impermeáveis 

Sugiro que tenham alguns. Eu tenho 2 de balde e 2 de transporte. Os de balde vão lavar juntamente com as fraldas, nessa altura substituo logo pelo suplente. Os outros 2 sacos de transporte uso para a escola. Comprei sacos médios daqueles com 2 bolsos (um para colocar fraldas lavadas e outro para colocar fraldas sujas). Os meus sacos têm um quadradinho de pano cozido para se poder colocar uma gota de óleo essencial. Eu coloco sempre umas gotinhas para irem cheirosos para a escola. Caso o vosso não tenha podem colocar umas gotinhas numa toalhita dentro do bolso das fraldas sujas do saco que faz o mesmo efeito. No balde grande também coloco uma toalhita com umas gotas de óleo essencial. Costumo usar o de Tea Tree Oil que tem propriedades anti-virais e anti-fúngicas mas intercalo com rosa damascena ou bela-luz, cheiros que adoro!

 

Detergente

Por Fluffy Organic & Eco

Pode usar detergente em pó ou líquido. Quando a minha filha nasceu sempre usei detergente líquido e nunca tive problemas. O importatmte é mesmo estabelecer uma boa e eficaz rotina de lavagem e usar a dose de detergente para roupa suja/muito suja; estamos a falar de dejetos humanos.

Podes sim usar detergentes ecológicos, para lavar a roupa e as fraldas reutilizáveis, no entanto como são menos potentes e não conterem enzimas, para a fraldas recomendo que sejam lavadas a pelo menos 50º, pois é quando são mais eficazes.

Não uses lixíxia, a não ser que necessites de desinfetar as fraldas por fungo ou por teres comprado em 2ª mão. Para isso basta deitares cerca de 60 ml no respetivo local da gaveta da máquina (podes usar um desinfetante menos agressivo como o Sanitol, por exemplo). No final é importante enxaguares bem para não ficarem vestígios na roupa (se necessitares de enxaguar 2x, não tenhas problemas com isso).

Para tirar manchas que não saiam na lavagem, colocam-se a corar ao sol (as manchas de cocós de recém-nascido saem todas com o sol). Podes barrar o tecido ainda húmido com sabão mas é muito importante que enxagues bem para que saia por completo, se não pode entupir as fibras.

Normalmente quando as fraldas se lavam a 60º e as manchas não desaparecem pode-se usar um tira-nódoas/branqueador à base de oxigénio ativo (coloca-se a fralda já lavada de molho durante umas horas, podes repetir por algumas vezes, vais ver que de certeza saem à 2ª ou à 3ª vez). O oxigénio ativo é o menos agressivo para o ambiente e para a pele do bebé (pré-ativa o pó em água quente primeiro, mistura água fria e depois junta as fraldas).

Lava as fraldas normalmente a 40º. Recomendo sempre que uma ou duas vezes por mês laves a 60º, assim evitas problemas.

Se a rotina de lavagem ou o detergente não forem os mais adequados, começarás a sentir um mau cheiro das fraldas. Nesse caso poderás ter de fazer um strip wash.

Strip Wash

 O strip wash não é nada mais, nada menos que uma limpeza profunda nas fraldas e acessórios. Atenção que strip wash e desinfeção são coisas diferentes (vê no ponto acima onde falo em lixívia)

Vou dizer-te como funcionou comigo.

Quando notas que as fraldas cheiram mal após a lavagem ou após o 1 xixi. Significa que estão entupidas. Podes ter de rever a rotina de lavagem.

1 - Colocar de molho  as fraldas já lavadas (aproveitar a água do banho) com uma dose de oxigénio em pó, anticalcário e um pouco de detergente. Segue a dose que recomenda cada embalagem, porque na prática estás a colocar de molho uma máquina de roupa. Deixa ficar durante a noite. Se realmente as fraldas estavam entupidas, a própria água no dia seguinte irá cheira mal (cheiro a xixi).

2 - No dia seguinte coloca as fraldas a lavar na máquina, mas sem adicionares mais detergente, até deixar de fazer espuma. 

3 - Voltar a repetir se todo o procedimento mais uma noite, se ainda cheirarem mal (no meu caso tive de o fazer duas vezes e depois nunca mais tive problemas porque passei a fazer a lavagem uma/duas vezes por mês a 60º.

Sabão de Côco ou Sabão Marselha

O sabão de côco ou o sabão marselha são os melhores amigos das manchas, se se fizer uma pré-lavagem à mão logo depois de se tirar a fralda as manchas não ficam. Contudo há pessoas que não podem, ou não querem ter esse trabalho, e colocam a fralda suja toda para o saco e fazem um programa com pré-lavagem. Quando estou em casa passo logo sabão e mando a fralda para o saco. É importante no entanto que as fraldas não fiquem demasiado empastadas em sabão para não correrem o risco de entupir. Eu faço sempre um programa com enxaguamento extra, assim garanto que não fica lá nada de nada! Pessoalmente prefiro sabão de côco por dois motivos: tem um cheirinho melhor e pode também ser usado tanto na pele do bebé como na nossa pele, pois é um sabão adequado para peles sensíveis.

Nota: O sabão de côco também é adequado para a lavagem de lãs.

 

Liners

Normalmente só se usam quando os bebés começam os sólidos. São pedaços de papel biogegradáveis que servem para amparar os cocós mais ameaçadores e para proteger as pessoas mais impressionáveis. Quando há cocó o liner é colocado na sanita e vai pelo autoclismo abaixo, quando há xixi o liner é colocado no saco juntamente com as fraldas sujas para ir para lavar. Dependendo das marcas os liners reutilizam-se por 2, 3, 4 ou mais vezes. Eu costumo colocá-los num saquinho de rede para roupa delicada e já está!

 

Fleeces

São tiras de poliester (polar) que servem para manter o rabinho seco. Há quem os utilize durante o dia também, mas eu apenas uso de noite. Os fleeces permitem que o rabinho do bebé esteja sempre seco pois não deixam passar a humidade. Os fleeces são baratinhos normalmente mas quem pretender fazer a coisa de forma mega económica pode comprar uma mantinha polar do IKEA e cortar retângulos e tem exemplares para vários anos!

Nota: se optar por fibras naturais tem os fleeces/linguetas de lã ou de seda crua, que ajudam também na regeneração da ele. As nossa linguetas/liners de lã podem ir à máquina em lavagem delicada.

Creme

Normalmente bebés que usam fraldas reutilizáveis não fazem assaduras com frequência não havendo necessidade de serem barrados de creme. A minha recomendação é óleo de côco que, para além de ser natural, tem propriedades regenerantes também e é hidrossolúvel. Há cremes compatíveis com fraldas reutilizáveis, especialmente de marcas bio, mas a maior parte dos cremes-barreira comuns tende a entupir o tecido das fraldas. Se se usar um liner ou um fleece por cima não há problema em usar um desses cremes comuns. O meu filho raramente assa mas nessas situações uso um creme artesanal à base de azeite, calêndula e óxido de zinco (reponsável pela regeneração da pele).

Retirado de:

http://www.eumae.pt/pt/post/filhos/mae.bio.logica.acessorios.fraldas.reutilizaveis 

http://www.eumae.pt/pt/post/filhos/mae.bio.logica.fraldas.reutilizaveis.marcas.modelos 


×